Inscrições abertas para curso de criação de abelhas sem ferrão em Florianópolis

  • Post category:Mídia

A Epagri abriu inscrições para o Curso de Iniciação para Criação Abelhas sem Ferrão, que será realizado no dia 14 de dezembro em Florianópolis. A capacitação, oferecida de forma presencial no Centro de Treinamento da Epagri (Cetre), é voltada tanto para a população urbana quanto para agricultores e pescadores interessados em iniciar a atividade. As inscrições são gratuitas e estão abertas neste link.

Abelhas nativas sem ferrão são as principais polinizadoras das matas brasileiras

O conteúdo do curso inclui temas como introdução à meliponicultura, iscas de captura, alimentação energética, caixas, multiplicação de colônias e plantas melíferas. “O objetivo é ensinar a atividade para iniciantes que desejam produzir abelhas e seus subprodutos e que sejam os divulgadores dessa atividade na região”, explica o extensionista rural Edegar Becker, da Epagri de Botuverá, que será o instrutor do curso. Esta é a terceira turma do curso em Florianópolis apenas no mês de dezembro.

Abelhas sem ferrão

As abelhas nativas sem ferrão, também conhecidas como abelhas indígenas, são as principais polinizadoras das matas brasileiras, contribuindo com a reprodução de 30% a 80% das espécies de plantas, dependendo do tipo de bioma. Jataí, Mandaçaia, Uruçu, Guaraipo, Manduri, Bugia e Mirim são alguns exemplos.

O curso de meliponicultura é para iniciantes que desejam produzir abelhas nativas e seus subprodutos

Em Santa Catarina, a meliponicultura, que é a criação racional dessas abelhas, vem se popularizando na agricultura familiar com forte apoio da Epagri. Dóceis e de fácil manejo, elas despertam o interesse de um número cada vez maior de produtores. “A criação também proporciona maior qualidade de vida para quem as cria. Resultados positivos são observados em pessoas que são aposentadas ou que têm problemas emocionais. A atividade ainda proporciona momentos de lazer e de confraternização entre criadores”, comenta Edegar.

A Epagri desenvolve ações para a preservação, o manejo e a multiplicação das espécies de abelhas sem ferrão, em um trabalho que resulta, anualmente, na introdução de milhares de abelhas nativas no Bioma Mata Atlântica. Já são aproximadamente 6 mil famílias rurais catarinenses que têm na meliponicultura uma fonte de renda complementar.

SERVIÇO

O quê: Curso de Iniciação para Criação Abelhas sem Ferrão

Quando: 14 de dezembro, das 13 às 17h30

Onde: Centro de Treinamento da Epagri em Florianópolis (Cetre), no Bairro Itacorubi.

Inscrições:  https://forms.gle/ETagrpiqzUqbXFbb7

Mais informações: Edegar Becker e Cristina Ramos Callegari (48) 3665 5203.