Epagri realiza oficina de educação ambiental com estudantes de São Joaquim

  • Post category:Mídia

Em meio a mudas de árvores nativas e abelhas sem ferrão, os estudantes Escola Municipal Jarbas Amarante Ferreira, na comunidade de Boava, em São Joaquim, tiveram uma aula bem diferente no dia 1º de setembro. Em parceria com a direção e os professores, a Epagri realizou uma oficina com os alunos, marcando o início de um projeto ambiental na escola.

As crianças conheceram a meliponicultura, criação de abelhas sem ferrão

Os profissionais da Epagri realizaram uma palestra sobre o trabalho das abelhas, destacando as espécies nativas, sem ferrão. As crianças aprenderam que, ao visitar as flores em busca de alimentos, as abelhas fazem a polinização das plantas. Por isso, são fundamentais para a manutenção da biodiversidade e a produção de alimentos de qualidade nutricional, gerando produtos como mel, própolis, pólen, cera e geleia real.

“Com a demonstração do trabalho das abelhas sem ferrão, buscamos trazer um assunto que chamasse a atenção dos alunos, estimulando a cooperação, o trabalho em grupo e a prática da sustentabilidade no dia-a-dia”, conta Filipe Souza Oliveira, engenheiro-agrônomo da Epagri no município.

Mudas de árvores nativas foram plantadas no entorno da escola

Em referência ao mês em que se comemora o Dia da Árvore, os estudantes plantaram no entorno da escola mudas de uvaia, pitanga, guabiju e araçá. As plantas, que foram doadas pela Associação de Preservação do Meio Ambiente (Apremavi), devem criar uma área com sombra e recreação para a comunidade escolar. “Agradecemos à escola e aos alunos, que demonstraram grande interesse no assunto, participando com muitos questionamentos, e se comprometeram em cuidar das plantas, para que tenham um crescimento vigoroso e saudável”, diz Cristiane Lopes Couto, extensionista social da Epagri.

Para saber mais sobre as abelhas sem ferrão, assista ao vídeo: