Estiagem em SC: com construção de cisterna, agricultor de Quilombo resolve em 20 dias preocupação de anos

  • Post category:Mídia

Em cerca de 20 dias o agricultor Claudecir Provensi, de Quilombo, resolveu uma questão que lhe preocupava há alguns anos. Menos de um mês foi o tempo necessário para que a Epagri elaborasse projeto para construção de uma cisterna, a verba fosse disponibilizada e a obra efetuada.

Cisterna de Claudemir garante água para os mais de 7 mil perus que cria em Quilombo

A estiagem que atinge a região Oeste de Santa Catarina desde 2019 tem trazido aflição para as famílias agricultoras, principalmente os produtores de animais, que temem pelo bem-estar de suas criações. É o caso de Claudecir, que abriga uma média de 7,2 mil perus em seus dois galpões. Ele recebe os animais com cerca de 1kg e os devolve à indústria pouco mais de 100 dias depois, quando já estão com média de 22kg. Nesse período, cada lote peru terá consumido cerca de 800 mil litros de água. “Fora a água para nebulização do aviário”, revela o agricultor.

Garantia

No final de 2021 ele viu no Programa Mais Solo e Água SC, do governo do Estado, um horizonte para o fim de seus temores. Com apoio da Epagri, que executou o projeto técnico, ele conseguiu captar R$ 24.488,00 para construir a cisterna com capacidade para 300 mil litros de água. Para pagar, ele tem cinco anos, com dois de carência. “Se eu pagar em dia, e claro que vou pagar, tenho 50% de desconto, com juro zero”, relata com contentamento. A verba para escavação do espaço que abriga a cisterna ele bancou com recurso próprio.

A cisterna de Claudecir é abastecida pela água que ele capta das fontes naturais de que dispõe na propriedade. O que não é usado pelos animais imediatamente fica armazenado. Sua propriedade conta ainda com um poço artesiano comunitário, que distribui água para outras quatro famílias rurais.

“Estou muito satisfeito, acho que todo produtor tem que fazer (a cisterna), é uma boa solução”, avalia o agricultor. A satisfação dele já contagiou outros dois vizinhos, que ao verem seus bons resultados procuraram a Epagri para acessar o Programa e já estão construindo suas cisternas. “É um Programa que não se pode perder, é uma garantia”, sentencia o produtor de perus.

Informações para a imprensa
Gisele Dias, jornalista
(48) 3665-5147 / 99989-2992