Projeto da Epagri para mapeamento por satélite de pomares de maçã em SC entra na última etapa

  • Post category:Mídia

Estudo ainda em fase preliminar aponta que a área com cultivo de maçã em São Joaquim pode chegar a 8,7 mil hectares, quase 1,2 mil hectares maior do que os 7.519 registrados pelo Censo Agropecuário de 2017 do IBGE. Esse é um dos resultados, ainda não oficiais, da última etapa de projeto da Epagri para mapeamento e levantamento dos pomares de maçã do Estado por meio de imagens de satélite.

Santa Catarina é líder nacional na produção de maçã (Foto: Israel Oselame)

Na semana de 28 de junho, pesquisadores da Epagri/Ciram, acompanhados dos extensionistas locais, foram até a região serrana do Estado para a etapa final do projeto, que se constitui na checagem a campo das informações coletadas via satélite. “Apesar de ser a última, esta fase é de fundamental importância para a acurácia das informações levantadas e precisão dos dados, resultando numa informação de alta qualidade”, relata Kleber Trabaquini, coordenador do projeto e pesquisador da Epagri/Ciram, órgão do governo de Santa Catarina responsável por fazer o monitoramento ambiental do Estado.

Satélite

O levantamento feito pela Epagri/Ciram trabalhou com imagens do satélite europeu Sentinel-2 e do sino-brasileiro Cbers 04A. O projeto será concluído até o final de 2021, quando toda a área ocupada com pomares de maçã em Santa Catarina estará mapeada pela ferramenta de sensoriamento remoto. “Atualmente nossas estimativas são feitas por meio de entrevistas, com métodos subjetivos. Agora, com um software de geoprocessamento, conseguiremos dados mais assertivos”, descreve o pesquisador.  

Santa Catarina é o maior produtor de maçã do Brasil, respondendo por 48% do total nacional. De acordo com o Censo Agropecuário, o Estado conta com aproximadamente 15.284 hectares ocupados por pomares da fruta. Com o levantamento preliminar via satélite, que indica cerca de 8,7 mil hectares de pomares em São Joaquim, o município se firma como líder nacional desta cultura agrícola.

Em 2020 a Epagri/Ciram se juntou à Conab para fazer o levantamento por imagens de satélite da área cultivada com arroz em Santa Catarina. O estudo apontou que o Estado conta com 149.591 hectares de arroz irrigado, uma área 5,5 mil hectares maior do que o estimado anteriormente, que era 144 mil hectares. A proposta da Epagri/Ciram é incluir cebola e uva na lista das cadeias produtivas 100% mapeadas por sensoriamento remoto.

Informações e entrevistas
Kleber Trabaquini, pesquisador da Epagri/Ciram
(48) 3665-5121 / 99868-7600

Informações para a imprensa
Gisele Dias, jornalista
(48) 3665-5147 / 99989-2992

Saiba mais sobre o sensoriamento remoto da maçã na reportagem da TV da Epagri: