Seminário em Descanso debate autonomia financeira das mulheres no enfrentamento à violência

  • Post category:Mídia
autonomia financeira da mulher_ fonte de renda da mulher
A jovem rural Cristiane Pedretti falou sobre sua experiência de geração de renda na propriedade

Mais de 120 pessoas se reuniram no município de Descanso, no Extremo Oeste Catarinense, para participar do Seminário Regional “Autonomia financeira das mulheres do campo e da cidade e o enfrentamento à violência”. O evento foi realizado no dia 18 de outubro no Clube SAD e levou os participantes a refletir sobre a importância do acesso à renda pela mulher.

Em uma mesa-redonda, os participantes abordaram temas como cultura patriarcal, relações de gênero, violência e autonomia no campo e na cidade. Na sequência, foram compartilhadas experiências conduzidas por mulheres que geram autonomia financeira. Um dos relatos foi da jovem rural Cristiane Pedretti, 20 anos, que é aluna do curso Organização, Gestão e Protagonismo com Jovens Rurais, do Centro de Treinamento da Epagri em São Miguel do Oeste (Cetresmo). Para a extensionista social da Epagri de Descanso, Flavia Maria de Oliveira, o seminário reforça ações de enfrentamento à violência contra a mulher e ações de promoção da autonomia financeira e produtiva que a extensão já faz no campo.

De acordo com a proponente do seminário, deputada estadual Luciane Carminatti, até o ano que vem serão realizados em torno de 30 eventos como esse pelo Estado. Neles, serão escolhidas comissões para elaborar um plano estratégico. “É uma continuidade de um grande trabalho que começamos em 2017 com o tema da violência contra a mulher, mas também sobre a autonomia financeira. Entendemos que a questão da renda é uma condição fundamental para as mulheres enfrentarem a violência. Todas trabalham, porém, elas precisam ter acesso à renda”, destacou.

A programação do evento, que também teve uma Feira da Agricultura Familiar e do Artesanato e exposição de lojistas, foi organizada pela Assembleia Legislativa em parceria com a prefeitura de Descanso, a Epagri, o Movimento das Mulheres Camponesas e o Instituto Federal de Santa Catarina.

Quer conhecer uma história inspiradora de mulher no meio rural? Confira: