XXI Feira do Mel de Santa Catarina vende 9,5% a mais que última feira presencial

  • Post category:Mídia

Esse ano foram superadas todas as expectativas, com a comercialização de aproximadamente 52 toneladas de mel durante a XXI Feira do Mel de Santa Catarina, que aconteceu no Largo da Alfândega, Centro de Florianópolis, de 11 a 14 de maio. Em 2019, último ano de feira presencial, foram comercializadas 50 toneladas. Também houve um aumento expressivo no número de visitantes, que passou de 40 mil em 2019, para 53 mil pessoas esse ano. “Os produtores estavam otimistas quanto à feira, uma vez que ela é tradicional e muito esperada todos os anos, mas a venda surpreendeu desde o primeiro dia”, diz o presidente da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina e extensionista da Epagri, Ivanir Cella. A Feira é uma organização da FAASC, Epagri, Sebrae-SC e prefeitura de Florianópolis.

53 mil pessoas passaram pela XXI Feira do Mel de Santa Catarina (Foto: Cristina Gallo)

Para o coordenador do evento e chefe da divisão de estudos apícolas da Epagri, Rodrigo da Cunha, o principal objetivo foi atingido. “O mais importante é estimular o consumo consciente de produtos apícolas pela sociedade, principalmente o mel, para promover a integração da identidade cultural entre diferentes regiões produtoras do estado e a população” diz. A feira também promove a conscientização ambiental da importância das abelhas para o meio ambiente, já que 70% dos alimentos necessitam da polinização delas. Além disso, é uma oportunidade para adquirir mel e produtos apícolas a preços inferiores aos de mercado varejista.

Novidades

A feira desse ano trouxe algumas novidades, como a campanha do agasalho, doação de alimentos para o Asilo Irmão Joaquim e Lar Recanto do Carinho, exposição de Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs), distribuição de mudas de plantas nativas da Mata Atlântica, exposição de uma ponte Hercílio Luz de biscoito de mel, oficina gratuita de confeito de biscoito de mel. As pessoas também aprenderam como fazer em casa a testagem para saber se o mel é falso ou não.

Para quem perdeu a feira presencial, ela continua acontecendo no mundo virtual através do site http://www.faasc.com.br/meldesantacatarina/. Na plataforma, criada por conta da pandemia, é possível fazer compras on-line e baixar livros de receitas. No site você escolhe o produto e entra em contato direto com o produtor para realizar a compra. O objetivo é ligar as duas pontas da cadeia, sem intermediário. Encomendas podem ser encaminhadas a todo Brasil.

Como acontece anualmente, o preço do mel foi tabelado. O quilo do mel multifloral foi comercializado a R$35 , o quilo do mel de Melato da Bracatinga a R$45, e o orgânico a R$40 o quilo. Ao todo, 21 estandes, representando cerca de 120 produtores do estado, participaram.

Assessoria de imprensa da Feira do Mel
Cristina Gallo
(48) 991885427
cristinangallo@gmail.com