Epagri contribui para repovoamento do Salto Caveiras, em Lages

  • Post category:Mídia

No dia 9 de fevereiro foi concluída uma parceria entre a Epagri e a Prefeitura Municipal de Lages para recompor a fauna do lago da barragem do Salto Caveiras. Na ocasião, a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, e técnicos da Empresa, participaram da soltura de 14 mil alevinos recriados de jundiá-cinza (Ramdhia quelen). A ação atende demanda dos ribeirinhos e pescadores locais, que instituíram o Projeto Tio Cesar Bairros.

A presidente da Epagri, Edilene Steinwandter (de blusa estampada) participou da soltura

Aziz Abou Hatem, extensionista da Epagri na região, conta que a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca de Lages, através do secretário Thiago Henrique Cordeiro e do Diretor de Pesca, M. Vet. Nelson Beretta, procurou a Epagri para disponibilizar alguns alevinos desta espécie nativa da região Sul do Brasil, com objetivo de recompor a fauna do lago da barragem.

Em novembro, a Epagri transferiu os alevinos, então com 3cm, do seu Centro de Desenvolvimento em Aquicultura e Pesca (Epagri/Cedap), em Itajaí, para seu Campo Experimental de Piscicultura da Serra Catarinense (CEPiSC), em Painel. A Secretaria Municipal da Agricultura providenciou os insumos para a recria dos animais por 90 dias, até atingirem em média 10cm. Aziz relata que juvenis maiores têm mais chances de sobreviverem na competição com possíveis predadores naturais, por isso a importância da etapa da recria.

Missão da Epagri

A soltura foi a quarta etapa do repovoamento do Projeto Tio Cesar Bairros. Além da presidente da Epagri, participaram autoridades locais e representantes de entidades parceiras, como Cidasc, secretarias municipais de Lages, Associação de Moradores, Câmara de Vereadores, imprensa, entre outros.

Edilene recordou que na década de 1990 esteve no local para a Festa Mundial do Lambari. “Lages tem locais bonitos e aconchegantes para a prática do turismo e de valorização ao meio ambiente”, destaca a presidente, lembrado que ações como esta estão em consonância com o cumprimento da missão da Epagri, de promover conhecimento, tecnologia e extensão para o desenvolvimento sustentável do meio rural.

Fábio André Posselt Scorsatto, coordenador do Projeto Tio Cesar Bairros, estava especialmente motivado com a ação do dia 9 e com a parceria que a viabilizou. Segundo ele, nos três repovoamentos anteriores foram soltos 3630 juvenis das espécies traíra, jundiá e carpa. Ele avalia que a soltura de mais de 14 mil juvenis de excelente qualidade numa única vez representa um impulso importante para a proposta de repovoar o lago. “As ações do Projeto visam coibir a pesca predatória, a preservação do potencial turístico e o fomento à pesca esportiva nesta importante alternativa de turismo do município de Lages”, avalia Fábio. Ele adianta que a intenção é realizar outras solturas, a próxima prevista para o mês de março.

Informações e entrevistas
Aziz Abou Hatem, extensionista da Epagri e coordenador regional do Programa Aquicultura e Pesca da Serra Catarinense, pelo fone (49) 32896404.