Epagri disponibiliza on-line dois novos serviços de monitoramento marítimo

  • Post category:Mídia

A temperatura da superfície do mar e a concentração de clorofila na água para até 4 dias na costa catarinense agora estão disponíveis para consulta no site da Epagri/Ciram. Os serviços complementam o pacote de informações de monitoramento ambiental do litoral de Santa Catarina, que já fornece dados como nível do mar, correntes e temperatura da água.

Temperatura da superfície

Dados sobre temperatura da superfície do mar ajudam a conhecer o comportamento das massas de água na costa catarinense

O serviço de visualização da temperatura da superfície do mar compartilha dados do sistema operacional de previsão e análise global do oceano fornecido pela União Europeia por meio do programa Copernicus. Esses dados permitem conhecer um pouco mais o comportamento das massas de água da costa catarinense.

O pesquisador da Epagri/Ciram Luis H. P. Garbossa explica que essas informações apoiam, por exemplo, pescadores e oceanógrafos na tomada de decisões sobre suas atividades. “Ademais, esses dados serão usados como forçantes da fronteira aberta para a modelagem hidrodinâmica da Costa de Santa Catarina. Com isso, é possível refinar modelos matemáticos para chegar ao ponto de prever a temperatura da água em baías ou, até mesmo, pequenas enseadas de poucas dezenas de metros”, acrescenta.

Concentração de clorofila

Concentração de clorofila é um indicador de nutrientes e vida na água do mar

O outro serviço apresenta dados da concentração de clorofila na água, que é um importante indicador de nutrientes e vida nesse ambiente, mas também pode ajudar a identificar problemas, como o excesso de nutrientes. “Essas informações estão sendo usadas em projetos de pesquisa da Epagri e fornecerão as condições de contorno para um modelo hidrodinâmico específico da costa de Santa Catarina que, no futuro, pode permitir chegar a altas resoluções em áreas de interesse”, diz Garbossa.

No momento, as imagens já permitem acompanhar o comportamento e tentar prever o surgimento de grandes florações de algas na costa de Santa Catarina. Os dados de concentração de clorofila também são extraídos do sistema de previsão e análise biogeoquímica global do oceano, fornecido pela União Europeia por meio do programa Copernicus.

Mais informações: Luis Hamilton Pospissil Garbossa pelo fone (48) 99626-7999 e Argeu Vanz pelo fone (47) 98858-1741