Coronavírus em SC: Sistema de mapas reúne informações da pandemia nos meios rural e urbano

  • Post category:Mídia
Sistema traz redes e conexões entre as cidades, principalmente as das atividades agropecuárias

O Sistema de Informações Geográficas (SIG) para apoiar a tomada de decisões durante a pandemia foi atualizado e agora conta com informações sobre o meio rural. A nova versão atende demanda do Secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo de Gouvêa, para oferecer ainda mais transparência aos dados e reforçar o engajamento da Epagri na campanha de informação aos agricultores familiares no combate ao novo coronavírus. A tecnologia está disponível para livre acesso.

Luiz Fernando Vianna, pesquisador da Epagri e um dos responsáveis pelo projeto, explica que a atualização traz a divisão entre as áreas rurais, que estão representadas no mapa de abertura em verde, e as áreas urbanas, que aparecem na cor vermelha. Também é possível visualizar outras informações, como as redes e conexões entre as cidades, principalmente as das atividades agropecuárias. “É através destas redes que se dá a o fluxo de serviços e produtos agrícolas, que pode constituir um vetor de disseminação da Covid-19”, descreve Vianna.

No início, o sistema trabalhou principalmente com o Índice de Vulnerabilidade Social (IVS), mas agora é atualizado diariamente com a distribuição espacial do número de casos ativos e curados, número de óbitos, e alguns dados de unidades de saúde, principalmente quantidade de leitos. Vianna explica que dando um zoom num hospital qualquer é possível clicar em cima dele e ter o número de leitos disponíveis, ou se está lotado.

O sistema é dinâmico, permite ligar e desligar as camadas agregando as informações que o usuário deseja visualizar, combinar dados, ver números de casos em cima do índice de vulnerabilidade ou em cima das redes de influência agrícola, por exemplo. Para uma melhor navegação, é recomendável consultar o manual com as informações da versão mais recente.

O projeto tem coordenação e execução da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram). Apoio e organização da Social Good Brasil (SGB) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Conheça o sistema aqui.

Leia o manual aqui.

Informações e entrevistas
Luiz Fernando Vianna, pesquisador da Epagri, pelo fone (48) 99116-9766

Informações para a imprensa
Gisele Dias, jornalista, pelo fone (48) 99989-2992