Projeto CaronaAgro ajuda agricultores e consumidores do Oeste

  • Post category:Mídia
Com pedidos coletivos, projeto consegue grandes volumes de compras diretamente com agricultores, sem a necessidade aglomerações.

Frutas, verduras, legumes, embutidos, laticínios, além de doces e panificados. Tudo o que encontramos numa feira, agora pode ser comprado sem sair de casa em Chapecó, região Oeste Catarinense. Isso graças ao projeto CaronaAgro, uma iniciativa da Epagri, juntamente com os agricultores, que promove a venda on-line e entrega coletiva de produtos agrícolas fresquinhos.

Funciona assim: Reunindo o pedido de várias famílias, voluntários organizam as listas de compras entre amigos, vizinhos e parentes. Depois, tudo é repassado aos agricultores, ou nas feiras ou diretamente nas propriedades. Por fim, o voluntário é quem recebe todos os pedidos, já devidamente separados, e ele mesmo promove a entrega em sua comunidade. Um incentivo ao comércio local, com segurança aos consumidores que não precisam sair de casa.

Caroline Möller Scholz, extensionista da Epagri de Chapecó, é idealizadora do projeto.

De acordo com Caroline Scholz, extensionista rural da Epagri, “o objetivo inicialmente se referia a evitar aglomeração de pessoas e viabilizar o custo do frete. Contudo, o projeto cresceu e o volume de pedidos também. Há cerca de 15 dias criamos um site (kyte.site/carona-agro). Isto facilitou bastante porque os voluntários não precisam mais fazer o levantamento dos pedidos dos vizinhos. Todos acessam e fazem seus pedidos on-line”.

Já para o voluntário Dênio Duarte, “o bom é que vai evitar que os agricultores familiares tenham problemas financeiros diante do isolamento social, além de reduzir os contatos e a aglomeração de quem precisa ir na feira”.

Entregas são realizadas por voluntários em suas comunidades.

Segundo o agricultor Jucimar Scussel, “o projeto veio no momento oportuno, pois hoje há uma grande necessidade de escoar a produção, mas ao mesmo tempo, existe a restrição para os consumidores saírem de casa”.

Ainda de acordo com a extensionista Caroline, com o projeto a todo vapor, os próprios agricultores tendem a assumir todas as etapas, sendo eles próprios os coordenadores da ação, sem depender de voluntários ou colaboradores.

Quer conhecer mais essa iniciativa de sucesso? Você pode acessar a página do projeto no Facebook ou Instagram no perfil @caronaagro. Assista também a reportagem completa no nosso canal de vídeos.