Epagri edita cartilha de boas práticas para agricultores que fornecem alimentação escolar

  • Post Category:Mídia
Apesar das aulas suspensas, os alimentos estão chegando aos estudantes por meio das secretarias de educação do estado e dos municípios

Para evitar a disseminação do novo coronavírus  e garantir uma alimentação segura para os escolares catarinenses, a Epagri editou uma cartilha direcionada aos agricultores que fazem parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) . O documento contém dicas de boas práticas para a colheita, o preparo e a entrega dos produtos.

Segundo a coordenadora do Programa Gestão e Mercados na Epagri, Telma Tatiana Köene, a cartilha traz ainda dicas adicionais para uma entrega segura, quais os cuidados a serem tomadas no retorno à propriedade rural ou estabelecimento pesqueiro e os cuidados na utilização de máscaras. A publicação foi elaborada por uma equipe de extensionistas da Epagri e está  baseada em recomendações do Ministério da Saúde.

Apesar das aulas suspensas, os produtores rurais continuam entregando os produtos agrícolas, pois esses alimentos estão sendo repassados às famílias em situação de vulnerabilidade por meio de kits. As entregas estão sendo feitas nas casas desses alunos pelas  secretarias de educação do estado e dos municípios.

Em Santa Catarina, os alimentos entregues vão desde hortifrutigranjeiros, carnes, peixes, mel, leite e derivados, entre outros. Foto: Aires Mariga

Pnae – O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) oferece alimentação escolar e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública.  Ele prevê que 30% do valor repassado aos estados e municípios deve ser investido na compra direta de produtos da agricultura familiar, medida que estimula o desenvolvimento econômico e sustentável das comunidades. Em Santa Catarina, os alimentos entregues vão desde hortifrutigranjeiros, carnes, peixes, mel, leite e derivados, entre outros.

Para acessar a cartilha, clique aqui.

Informações e entrevistas: Telma Tatiana Köene, coordenadora do Programa Gestão e Mercados – (49) 99955-2740

Informações para a imprensa
Gisele Dias, jornalista, pelo fone (48) 99989-2992