Monitoramento ambiental realizado pela Epagri garante informações de qualidade durante isolamento social

  • Post category:Mídia
Epagri conta com um sistema de monitoramento meteorológico constituído por estações hidrológicas, meteorológicas e oceanográficas automáticas e telemétricas

O conjunto de informações geradas pela rede de monitoramento ambiental da Epagri/Ciram é fundamental para auxiliar as tomadas de decisões na agricultura e no meio urbano e por isso não foram interrompidas durante o isolamento social realizado em Santa Catarina por conta do novo coronavírus. A emissão de laudos, pareceres e dados climáticos permanece sem interrupção, bem como as  previsões do tempo, das condições de mar e da situação dos rios.

Segundo o pesquisador da Epagri/Ciram Hamilton Vieira, a continuidade do serviço é possível devido à tecnologia implementada e ao comprometimento dos funcionários que executam as atividades profissionais em trabalho remoto. “Os registros de marés recordes ocorridas em nosso Litoral, as geadas no Planalto Catarinense, os últimos vendavais no Oeste e o monitoramento da estiagem que ora assola nosso estado puderam ser realizados normalmente nesse período”, ressalta. Ele destaca ainda que todas essas informações são importantes para o planejamento de ações e para a mitigação de desastres naturais.

Rede de monitoramento da Epagri

A rede de monitoramento meteorológico da Epagri contempla cerca de 300 estações

A partir da década de 1990 a Epagri iniciou a implantação de um sistema de monitoramento meteorológico autônomo, constituído por estações hidrológicas, meteorológicas e oceanográficas automáticas e telemétricas com transmissão de dados horária. Atualmente, essa rede contempla cerca de 300 estações, muitas delas mantidas a partir de parcerias com outras instituições das esferas estadual e federal. Os equipamentos utilizam um conjunto de painel solar e bateria que garante o funcionamento dos sensores de maneira contínua e sem a necessidade de energia elétrica nos locais monitorados.

As informações coletadas pela rede de monitoramento são armazenadas em banco de dados situado na Sede da Epagri junto ao Ciram, que recebe a cada hora as variáveis climáticas de temperatura, umidade relativa do ar, radiação solar, velocidade e direção do vento, precipitação, entre outras. O banco de dados hidrometeorológicos contem cerca de 250 milhões de dados. Todos os dias são armazenados cerca de 100 mil novos dados.

Todas as informações hidrometeorológicas são disponibilizadas automaticamente nos sites da Epagri e da Epagri/Ciram e enviados por mídias digitais para a imprensa, Defesa Civil e outros usuários.