Alimentação e imunidade: consumo de ostras fornece zinco ao organismo

  • Post category:Mídia
O zinco, presente nas ostras, tem papel fundamental na imunidade

Para dar uma forcinha ao sistema imunológico, manter uma alimentação balanceada aliada a outros hábitos saudáveis faz toda a diferença. Um dos nutrientes importantes para a imunidade é o zinco, presente na ostra – um alimento tipicamente catarinense.

“No sistema imunológico, o zinco desempenha papel fundamental, pelo fato de as células do sistema imune apresentarem altas taxas de proliferação, e por esse mineral estar envolvido na tradução, no transporte e na replicação do DNA”, explica a nutricionista Cristina Ramos Callegari, extensionista social da Epagri de Florianópolis.

Além de ser importante para a imunidade, o zinco ajuda o organismo a funcionar melhor. “As funções bioquímicas do zinco podem ser refletidas pelo seu envolvimento na atividade de mais de 300 enzimas do organismo”, acrescenta a nutricionista. Ele ainda participa na síntese e degradação de carboidratos, lipídeos e proteínas, na manutenção do crescimento e do desenvolvimento normais, na defesa antioxidante e na função neurossensorial.

Onde encontrar zinco

Ostras produzidas em Santa Catarina são boa fonte de zinco

Os alimentos de origem animal são as principais fontes de zinco em termos de conteúdo e biodisponibilidade. “Mexilhões, ostras, carnes vermelhas, fígado, miúdos e ovos são consideradas as melhores fontes. Nozes, sementes, castanhas, amêndoas, cereais integrais, casca da tangerina e leguminosas são fontes relativamente boas de zinco”, explica Cristina. A Ingestão Diária Recomendada (IDR) é de 7mg para adultos e varia de acordo com a faixa etária. Na gestação, a necessidade sobe para 11mg e, na amamentação, a IDR é de 9,5mg.

O teor desse nutriente em 100g de ostras (cerca de 6 unidades) da espécie Crassostrea gigas, que é a cultivada em Santa Catarina, contém cerca de 2,66mg de zinco, além de 6,57g de proteínas, 1,62g de gordura, 0,195g de ômega 3, 59,3mg de cálcio, 81,37mg de magnésio e 153,14mg de potássio. Esses dados foram levantados por um projeto de Pesquisa sobre Caracterização Analitica e Sensorial de ostras Crassostrea gigas oriundas de três estados brasileiros desenvolvido pelo Centro de Desenvolvimento em Aquicultura e Pesca (Epagri/Cedap). “As ostras de cultivo da região de Florianópolis contêm lipídios benéficos à saúde, incluindo ácidos graxos da série ômega-3, que também é importante para imunidade, e baixo teor de colesterol”, explica Cristina.

Além de zinco, as ostras catarinenses contêm ômega 3, que também ajuda na imunidade

Moluscos seguros

Santa Catarina é responsável por quase toda a produção nacional de mexilhões, ostras e vieiras. De acordo com dados do Epagri/Cedap, em 2018 o Estado produziu mais de 14 mil toneladas de moluscos. Florianópolis participa com uma produção de aproximadamente 3 toneladas.

O estado também é o único do Brasil que realiza o monitoramento permanente das áreas de cultivo. O Programa Estadual de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos, executado pela Cidasc, é um dos procedimentos de gestão e controle sanitário da cadeia produtiva, dando segurança para produtores e consumidores.

Como consumir ostra

A ostra pode ser preparada ao bafo (basta colocar fechada na panela e cozinhar até abrir), gratinada, à milanesa, em molhos e até mesmo em um “churrasco”. Confira a receita de ostras grelhadas ao molho “das antigas” no vídeo:

Onde comprar
Produtores da Grande Florianópolis estão fazendo delivery de frutos do mar. Conheça alguns fornecedores:

Associação dos Maricultores do Sul da Ilha
Produtos: ostras e mariscos na concha (in natura).
Entregas às sextas-feiras, a partir das 13h, em Florianópolis
Pedidos de segunda a quinta-feira, até 16h, pelo WhatsApp: (48) 98425-1329
Pedidos mínimos: pacote com 5 dúzias de ostras ou 5kg de mariscos
Sem taxa de entrega
Produtores: 32 associados

Paraíso das Ostras

Produtos: ostras, mariscos e vieiras.
Entregas às sextas-feiras nos municípios da Grande Florianópolis
Pedidos pelo WhatsApp de segunda a quinta-feira: (48) 99961-5050
Pedido mínimo: 5 dúzias de ostras/vieiras ou 5kg de mariscos
Sem taxa de entrega

Clube da Ostra
Produtos: ostras in natura ou prontas para gratinar.
Entregas às quintas e sextas-feiras, das 14h às 20h nos bairros Campeche, Rio Tavares e Centro
Pedidos pelo WhatsApp: (48) 99182-4244
Pedido mínimo: R$65,00
Taxa de entrega R$4,00

Fazenda Marinha Ostras Floripa
Produtos: ostras do pacífico e nativas.
Entregas às quartas, sextas e sábados em Florianópolis e São José
Pedidos de segunda a sexta-feira: por WhatsApp: (48) 99901-7241 e Direct Instagram @ostrasfloripa
Sem valor mínimo. Taxa de entrega a combinar
Produtor: André Greech

Fazenda Marinha Bela Ostra

Produtos: ostras gigas, ostras nativas e mariscos.
Entregas às segundas e sextas-feiras.
Pedido mínimo: 5dz/kg.
Sem taxa de entrega para Florianópolis nos pedidos acima de R$60,00. Demais regiões sob consulta. Pedidos pelo WhatsApp: (48) 98454-9457

Informações e entrevistas:
Cristina Ramos Callegari – nutricionista e extensionista social da Epagri em Florianópolis: (48) 48 9676-3696 – cristinaramos@epagri.sc.gov.br
Informações para a imprensa:
Gisele Dias, jornalista: (48) 99989-2992 – giseledias@epagri.sc.gov.br