Epagri doa biomassa de banana verde para melhorar a imunidade de idosos em Itajaí

  • Post category:Mídia
Foram doados 20kg do alimento para o residencial geriátrico Praia dos Amores. Foto: Aires Mariga

Bananas do pomar da Estação Experimental da Epagri em Itajaí, cultivadas para o desenvolvimento de tecnologias naquela unidade de pesquisa, foram usadas este mês para outra finalidade: foram transformadas em biomassa de banana verde e enriqueceram o prato de mais de 50 idosos atendidos na residencial geriátrico Praia dos Amores, localizado no município. A entidade recebeu 20kg do alimento funcional que, dentre outros benefícios, auxilia na imunidade.

A ideia partiu da extensionista do município, Geisebel Cristine Patrício, que produziu a biomassa de banana verde juntamente com extensionista e chefe do Centro de Treinamento de Itajaí (Cetrei) Natália  Lúcia Knakiewicz Kominkiewicz. “Além das medidas de higiene e distanciamento social, outra forma de nos proteger nesse momento de pandemia é ter nossa imunidade alta. A biomassa da banana verde surge como uma alternativa para isso, devido à presença de amido resistente, que contribui para a saúde da microbiota intestinal”, diz. Geisebel explica que a microbiota intestinal saudável produz uma substância chamada citocina,  que é anti-inflamatória e melhora a imunidade, fazendo com que os anticorpos trabalhem com mais eficiência.

A produção de biomassa seguiu todas as recomendações para prevenção à contaminação pelo novo coronavírus

“Neste momento em que falamos tanto em manter a saúde para enfrentar o novo coronavírus, pensamos em usar matéria prima e conhecimento produzidos na Epagri em benefício da sociedade”, diz Natália. Ela decidiu repassar a preparação para os idosos, pois eles fazem parte do grupo de risco da doença. Além disso, as extensionistas da Epagri compartilharam receitas com a nutricionista do residencial geriátrico Praia dos Amores e trocaram dicas de como utilizar a biomassa para a saúde nutricional dos idosos.

As extensionistas explicam que a biomassa de banana verde dá mais consistência e enriquece as preparações em termos de nutrição sem alterar o sabor dos alimentos. “Por ser um ingrediente muito prático, nos dá a possibilidade de utilizar na alimentação do dia a dia como vitaminas, sopas, mingaus, feijão, cremes, pães, massas em geral. O que vale é a criatividade”,  ressalta Natália.

A biomassa de banana verde enriquece as refeições em termos de nutrição e não altera o sabor das preparações

A biomassa de banana verde foi produzida na cozinha do Cetrei seguindo as Boas Práticas de Fabricação e os cuidados adequados para prevenção à contaminação pelo novo coronavírus.

Ingrediente aprovado pelos idosos

A nutricionista do residencial geriátrico Praia dos Amores, Juliana Rebeschini Ferracini, acredita que, em tempos de cuidados com a saúde, a prevenção é a melhor estratégia no cuidado com a alimentação dos idosos. “Com essa ação da Epagri, tivemos a oportunidade de utilizar a biomassa de banana verde em nossas preparações, um alimento rico em fibra solúvel, que auxilia no transito intestinal adequado. Ele também se destaca por possuir potássio, sais minerais, vitamina B1 e B6, betacaroteno e vitamina C”, diz ela.

Juliana incluiu a biomassa de banana verde em vitaminas de frutas, mingaus, bolos e purês. “A biomassa teve ótima aceitação por não alterar o sabor dos alimentos”, ressalta a nutricionista. “Aqui no Praia dos Amores sempre incluímos no cardápio diário alimentos funcionais com o objetivo de melhorar a imunidade e microbiota intestinal. Esses alimentos são ricos em fibras, vitaminas e minerais, nutrientes indispensáveis ao organismo. A biomassa de banana verde enriqueceu ainda mais as nossas preparações”. A recomendação é consumir cerca de 70 g por dia, ou seja, de 3 a 4 colheres de sopa.

Receita

A seguir, compartilhamos uma receita de bolo de laranja com biomassa de banana verde desenvolvida pela ex-extensionista de Corupá, Maria Depin, falecida em 2019. Essa preparação foi repassada aos extensionistas da Epagri em capacitações no Centro de Treinamento da Epagri de Joinville.

BOLO DE LARANJA MARIA

Bolo de laranja com biomassa de banana verde

Rendimento: 8 a 10 porções

Ingredientes da massa:

3 laranjas-peras inteiras

2  xícaras de açúcar

1 xícara de farinha de trigo

1 xícara de biomassa

1 xícara de óleo

4 ovos

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 pitada de sal

Modo de preparo:

1 – Corte em pedaços uma laranja com casca, retirando o miolo e as sementes para não amargar.

2 – Leve ao liquidificador e bata com o óleo e os ovos.

3 – Quando estiver desmanchando, acrescente a biomassa, o açúcar  e por último o sal.

4 – Despeje essa mistura na tigela.

5 – Acrescente a farinha de trigo.

6 – Mexa com a colher suavemente ao colocar o fermento em pó.

7 – Ponha essa massa em uma forma muito bem untada  e enfarinhada.

8 – Asse em forno pé aquecido a 200 °C.

9 – Desenforme o bolo ainda quente e jogue a calda quente sobre ele.

CALDA

Suco de 2 laranjas

3 colheres de sopa de açúcar

Leve ao fogo e vá retirando a espuma amarela que se forma  enquanto ferve. Ferver até não sair mais a espuma amarela na calda.

DICAS: Use uma forma com furo central. Esse bolo pode  ser servido gelado.

Informações e entrevistas: Geisebel Cristine Patrício, extensionista social da Epagri em Itajaí: (47) 99640-1306

Informações para a imprensa: Gisele Dias, jornalista: (48) 99989-2992

Quer saber como fazer a biomassa de banana verde? Acompanhe o vídeo a seguir.