Uso e aproveitamento da pitaia: confira receitas doces e salgadas

  • Post Category:Mídia
Receitas priorizam o uso integral da fruta para aproveitar nutrientes e evitar desperdícios

O consumo de pitaia vem aumentando entre os adeptos dos alimentos que oferecem benefícios à saúde, os chamados funcionais. A fruta possui diferentes substâncias com atividade antioxidante, que são usadas na prevenção e no tratamento de algumas doenças, como câncer, doenças cardiovasculares e Alzheimer. São elas: vitamina C na polpa, betalaína na casca e polifenóis na antecasca.

Oficina para aproveitamento da pitaia em Itajaí reuniu 20 produtores da fruta

Para aproveitamento de todos esses nutrientes, o Centro de Treinamento de Itajaí (Cetrei) criou diferentes receitas doces e salgadas com a fruta e repassou a 20 produtores de pitaia da região por meio de uma oficina, no dia 12 de março. “Com o aumento da oferta da pitaia no mercado, buscamos a otimização no uso desse nobre fruto nas mais diferentes receitas”, diz a instrutora da oficina, extensionista e chefe do Cetrei, Natália  Lúcia Knakiewicz Kominkiewicz.

A pitaia é uma cultura com período de safra bem reduzido – de dezembro a abril – e seus frutos têm pouco tempo de conservação devido à grande quantidade de água. Portanto, usá-la em diferentes receitas é uma forma de evitar o desperdício. “Além disso, com essa oficina pretendemos despertar o grupo para o uso integral do fruto, bem como diversificar o cardápio e  agregar de valor ao produto”, explica Natália.  

A geleia de pitaia foi uma das receitas produzidas no dia

“Conhecemos um pouco mais sobre essa fruta maravilhosa e aprendemos como utilizar o fruto sem desperdício. Da casca saíram grandes receitas, que colorem e agregam muitos nutrientes”, relatou a produtora de Barra Velha Silvana A. W. Pereira, que participou da oficina.

Durante a oficina foram elaborados sorvete de pitaia vermelha, farinha da casca, quiche de casca de pitaia com cebola, bolo, geleia, risoto com a casca, broinhas com farinha de pitaia, pão, suco e molho com pitaia para acompanhar petiscos de peixe ou frango.

Santa Catarina se destaca no cenário nacional como o segundo maior produtor brasileiro de pitaia

O cultivo comercial da pitaia em Santa Catarina começou em 2010 e o Estado já é o segundo maior produtor brasileiro, perdendo apenas para São Paulo. Segundo dados do IBGE, em 2017 o Estado produziu 328,4 toneladas em 120 propriedades rurais.

Confira algumas receitas desenvolvidas pelo Cetrei:

SORVETE DE PITAIA VERMELHA

sorvete de pitaia vermelha. Foto Venezia Sorveteria

 Ingredientes:

2 xícaras de chantili bem gelado (cerca de 500ml)

½ lata de leite condensado

1 colher (chá) de essência de baunilha (5ml)

100 g de leite em pó

500g de polpa de pitaia vermelha

Preparo: 

Bata o chantili, o leite condensado, o leite em pó e a baunilha na batedeira até formar picos moles.

Acrescente delicadamente a polpa de pitaia já amassada com um garfo e misture utilizando um batedor manual até homogeneizar. Leve ao freezer até a hora de servir. Você pode servir com chantili e calda de chocolate.

Chantili

4 claras

8 colheres de açúcar

Bata as claras em neve, acrescentando o açúcar e leve para gelar. 

Calda de chocolate

100g de chocolate meio amargo

270g de chocolate cobertura fracionada ao leite

3 colheres (sopa) de óleo vegetal

Derreta os chocolates conforme instruções da embalagem, misture o óleo vegetal, deixando bem homogêneo. Aplique sobre o sorvete.

BOLO OU CUPCAKE FÁCIL DE PITAIA

bolo de pitaia

Ingredientes:
4 ovos
1 /2 xícara (chá) de óleo
1 pitaia média (polpa)
1 1/2 xícara (chá) de açúcar
2 xícara (chá) farinha de trigo
3 a 4 colheres sopa de chocolate em pó
1 colher (sopa) de fermento em pó

1 colher de chá de corante vermelho em gel

Preparo:
Bater todos ingredientes liquidificador por 5 minutos. Em uma vasilha misturar o fermento, misturar bem e colocarem forma grande de bolo ou  em forminhas de cupcake.

RISOTO DE COM CASCA DE PITAIA

risoto com casca de pitaia

Ingredientes:

2 colheres de manteiga

1/2 cebola média picada

100 g de tomate seco

Casca de 2 pitaias

2 xícara de arroz arbóreo

¼ de xícara de vinho branco seco

Sal

Caldo de legumes ou de carne

Queijo parmesão

Modo de Preparo:

Em uma  panela de fundo largo, refogue a cebola na manteiga sem deixar dourar. Junte o arroz (não precisa lavar), refogue rapidamente e junte o vinho. Deixe o vinho evaporar um pouquinho (mas sem secar) e vá adicionando o caldo aos poucos, mexendo sempre, de preferência com uma colher. Este caldo deve ficar no fogo baixo para não perder a temperatura, pois você vai ficar adicionando ao arroz por uns 20 minutos. Nunca deixe o arroz secar, ele tem que estar sempre cremoso e bem molhado, praticamente a cada minuto você adiciona um pouquinho do caldo. O tempo total vai depender do tipo do arroz.

Depois de 10 minutos com o arroz no fogo, acrescente o tomates secos e a casca das pitaias picadas e continue mexendo e acrescentando o caldo.

Prove o risoto; caso necessário acrescente o sal. Quando o arroz estiver macio, aproximadamente depois de 20 minutos, abaixe o fogo acrescente 1 colher manteiga e 2 colheres queijo parmesão. Mexa bem para incorporar tudo, desligue o fogo, tampe a panela e deixe descansar por uns 5 minutos antes de servir. Se preferir, sirva com mais parmesão ralado por cima e um fio de azeite e pedaços de polpa de pitaia.

QUICHE DE CEBOLA E CASCA DE PITAIA

quiche de cebola com casca de pitaia

Ingredientes da massa:

3 xícaras de chá de farinha de trigo

1 colher de chá de sal

180g de manteiga

4 colheres de sopa de leite ou água gelada

Modo de preparo:

Misturar todos os ingredientes com as pontas dos dedos até obter uma massa maleável, levar para a geladeira por 30 minutos, abrir a massa em 2 plásticos, forrar a forma, furar com um garfo e levar para assar.

Ingredientes do recheio:

400g de cebolas cortadas em rodela

400g de casca de pitaia cortadas em tiras

3 colheres de sopa de manteiga

Sal a gosto

3 ovos batidos

1lata de creme de leite

100g de queijo mussarela ralada

Modo de preparo:

Fritar a cebola e as cascas de pitaia na manteiga.  deixar esfriar e acrescentar o creme de leite com os ovos temperados com sal. 

Rechear a massa com essa preparação, polvilhar com a mussarela e levar ao forno para gratinar.