Oficina em Frei Rogério mostra a importância das sementes na diversidade alimentar

  • Post category:Mídia

Criar um espaço de conscientização sobre a importância das sementes na diversidade da produção da agricultura familiar e camponesa. Com esse objetivo, 46 agricultores de Frei Rogério e de Fraiburgo se reuniram no dia 24 de setembro em Frei Rogério para a 3ª Oficina de troca de sementes crioulas, saberes e sabores. O evento também foi uma forma de valorizar os agricultores e principalmente as agricultoras que foram as primeiras a se preocupar em resgatar, preservar e multiplicar as sementes, os saberes e principalmente os sabores na mesa de suas famílias.

No evento foram apresentadas inúmeras variedades de semente de milho, feijões, pipoca, vassoura, abóboras, adubos verdes, açafrão, batata-doce, mandioca, ovos de galinhas caipiras, flores suculentas e variadas espécies florestais nativas como o ipê amarelo, que é árvore símbolo de Frei Rogério.

O extensionista social da Epagri no município, Elcio Pedrão, explica que desde os tempos mais remotos os agricultores têm conservado, selecionado e melhorado suas sementes para semeadura, inclusive realizando trocas com outros grupos camponeses num processo de partilha que lhes permitia aumentar a diversidade genética. “Atualmente perdeu-se grande parte dessa diversidade. Muitas dessas variedades estão desaparecendo e se extinguindo. Antes, as sementes pertenciam a toda a comunidade,era um bem comum. Hoje, as sementes se tornaram mercadorias, por isso a importância desse espaço de trocas”, diz ele.

A extensionista rural de Frei Rogério, engenheira-agrônoma Adriana Francisco, ressalta que um povo que não produz a própria comida é um povo escravo, pois depende de outros povos para se alimentar. “Quando um povo tem o direito de definir o que vai produzir, como vai produzir, como vai consumir e como vai manter e proteger sua alimentação, chamamos isso de soberania alimentar”, explica ela.

Guardiões das Sementes – O evento contou com a apresentação da reportagem “Os Guardiões das Sementes”, produzida pela equipe de TV da Epagri e que fala sobre o papel dos guardiões na manutenção da diversidade das sementes e na sua multiplicação, destacando os agricultores de Frei Rogério Gerson Mauro Fertig e Deodato Delfes.

“Esse ano o destaque da oficina foi a presença de vários agricultores que nunca haviam participado. Eles inclusive se animaram a preparar algumas mudas para o encontro do ano que vem”, diz Elcio. Ele pontua outro momento importante do evento: a distribuição de mudas de espécies florestais nativas, ervas medicinais e flores.

“As sementes são nossa maior riqueza, têm que estar vivas, novas e sadias para gerar outras plantas. Por isso destacamos a importância dos guardiões das sementes, que cuidam, distribuem e multiplicam as sementes gerando sempre a nova vida. Nós da Epagri temos orgulho de termos esses agricultores em nosso município” diz Adriana Francisco.

A oficina foi organizada equipe da Epagri em Frei Rogério, com apoio da Secretaria da Agricultura e do Meio Ambiente, UFSC, Cresol e lideranças municipais. Além dos agricultores, também participou do evento um grupo de 11 jovens da Fetaesc.

 

Ficou interessado em assistir a reportagem sobre o guardiões de sementes? Nós trazemos pra você!