Epagri apresenta projeto Caminho da Mata Atlântica para prefeitos da Grande Florianópolis

  • Post category:Mídia

A Epagri apresenta para os prefeitos da região da Grande Florianópolis o projeto Fortalecimento dos Empreendimentos de Turismo Rural da Região de Florianópolis ao Longo do Traçado do Caminho da Mata Atlântica. A apresentação acontece durante reunião da Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis (GRANFPOLIS) nessa sexta-feira, 24, a partir das 9h.

O Caminho da Mata Atlântica (CMA) é iniciativa do Movimento Borandá, incubado pelo WWF-Brasil. A proposta é aprimorar uma trilha que vai seguir toda a cadeia montanhosa da Serra do Mar, desde o Parque Nacional dos Aparados da Serra, no Rio Grande do Sul, até o Parque Estadual do Desengano, no Rio de Janeiro. Serão mais de 3,5 mil quilômetros, passando por cinco estados e mais de 70 unidades de conservação ambiental.

A Epagri se integrou ao CMA percebendo nele uma oportunidade para o meio rural catarinense vender suas paisagens, etnias, cultura, produtos e serviços ao longo da trilha. Para tanto, pesquisa extensão se uniram para escrever o projeto que será apresentado na sexta aos prefeitos.

A Epagri já incentiva iniciativas de turismo rural em diversos municípios catarinenses. Mas com esse projeto se propõe a identificar as trilhas do Caminho da Mata Atlântica na Grande Florianópolis, de modo a gerar novas alternativas de trabalho e renda, melhorando as condições de vida e viabilizando a permanência de famílias no meio rural e pesqueiro.

Além de fortalecer iniciativas locais voltadas para o turismo rural sustentável, os técnicos da Epagri vão classificar e mapear as trilhas, avaliar e monitorar os impactos sobre vegetação e solo, avaliar o potencial turístico dos municípios da Grande Florianópolis e engajar a sociedade na conservação e proteção da Mata Atlântica. Também é objetivo do projeto desenvolver e implantar site e aplicativo com informações sobre a trilha em Santa Catarina e divulgar os empreendimentos junto ao público urbano e às instituições públicas.

Henrry Fernando Diniz Petcov, técnico da Gerência Regional da Epagri na Grande Florianópolis e um dos coordenadores do projeto, explica que nessa primeira etapa a Empresa está percorrendo os municípios da Grande Florianópolis a fim de identificar pessoas estratégicas interessadas em desenvolver a trilha em suas regiões. A partir daí serão montados Grupos de Animação Municipal (GAM) para desenvolver o trabalho com orientação da Epagri.

O projeto da Epagri será concluído em dezembro de 2020, quando Santa Catarina terá uma trilha de 300km conectada ao longo dos municípios da Grande Florianópolis, com 34 mapas desenvolvidos e 135 empregos diretos gerados. A Intenção é fortalecer pelo menos 45 negócios rurais ao longo da trilha, 30 dos quais já existentes e outros 15 que serão criados. Também serão produzidos vídeos, folders e um livro guia das trilhas, que vão se unir ao aplicativo e site para divulgação dos empreendimentos.

Segundo a proposta da Epagri, o Caminho da Mata Atlântica em Santa Catarina passará por Botuverá, Guabiruba, Nova Trento, Major Gercino, São João Batista, Antônio Carlos, Biguaçu, Governador Celso Ramos, Florianópolis, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas, São Pedro de Alcântara, Angelina, Rancho Queimado, Anitápolis e São Bonifácio. “Trilhas de longo curso são uma estratégia reconhecida de engajamento da sociedade, de estímulo a atividades econômicas sustentáveis e de lazer”, finaliza Henrry para justificar o engajamento da Epagri em mais esse desafio.

Serviço

  • O que: apresentação do projeto Caminho da Mata Atlântica na Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis (GRANFPOLIS)
  • Quando: sexta-feira, 24 de maio, às 9h
  • Onde: na sede da GRANFPOLIS – Rua Candido Ramos, 250, Capoeiras, Florianópolis
  • Informações e entrevistas: Henrry Fernando Diniz Petcov, técnico da Gerência Regional da Epagri na Grande Florianópolis, pelos fones (48) 99128-7678 / 36655200

Informações para a imprensa
Gisele Dias, jornalista: (48) 99989-2992 / 3665-5147
Cinthia Freitas, jornalista: (48) 3665-5344
Isabela Schwengber, jornalista: (48) 3665-5407