Queijo Artesanal Serrano brilha na Festa Nacional da Maçã

Foto: José Nicolau Fernandes

Não foi só a maçã que atraiu a atenção do público na 21ª Festa Nacional da fruta, realizada em São Joaquim. No dia 3 de maio, foi realizada, dentro da programação do evento, a primeira etapa do 3º Concurso Regional de Queijo Artesanal Serrano.

“O objetivo é incentivar a produção do queijo com qualidade, promover a valorização desse saber-fazer centenário, fortalecer o envolvimento e organização dos produtores e divulgar a história, o sabor e a importância que esse produto possui na região”, conta Cristiane Lopes Couto, extensionista da Epagri em São Joaquim.

O concurso foi promovido pela Epagri, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pela prefeitura de São Joaquim com apoio da Associação dos produtores de Queijo Artesanal Serrano da Serra Catarinense (Aproserra). Essa foi a primeira de quatro etapas e premiou os melhores queijos de São Joaquim, Bom Retiro, Bom Jardim da Serra, Urubici, Rio Rufino e Urupema.

Os queijos foram julgados pelas características organolépticas. Os critérios qualificados avaliados foram aspecto global, cor, textura, consistência, aroma e sabor. O concurso premiou com troféu ouro, prata e bronze os participantes de duas categorias: QAS (maturação de 30 a 60 dias) e QAS maturado ou tropeiro (acima de 60 dias de maturação). Além disso, todos os queijos concorreram na categoria popular.

A cerimônia de premiação foi prestigiada por produtores, autoridades, técnicos da Epagri e visitantes da 21ª Festa Nacional da Maçã. A pontuação dos participantes servirá para garantir vagas na última etapa do concurso, marcada para 18 de junho em Lages.

, ,

© 1996 - 2019 Epagri. Direitos reservados