Jovem rural aposta na produção de terneiros em Timbó Grande

gado3Aos 25 anos de idade, Rodrigo Guesser já sabe o que quer da vida. Traçou metas, buscou conhecimento e planejou o que fazer nos próximos anos. As mudanças estão acontecendo e podem ser vistas na bela propriedade dos pais.

gado1A família Guesser mora na comunidade Antinha, interior do município de Timbó Grande, ao norte de Santa Catarina. A propriedade está inserida no Corredor Ecológico do Timbó, criado por decreto estadual para proteger importantes remanescentes de floresta de araucária e campos de altitude. Neste cenário que impõe desafios e responsabilidades para quem produz está o Rodrigo, com seu jeito jovem e decidido do que quer para a vida. “Eu pretendo ficar aqui no campo com meus pais a dar continuidade ao serviço deles”.

A propriedade tem 41 hectares. O rebanho é formado por 80 cabeças, gado mestiço, destinado à produção de carne. É justamente nos piquetes que as mudanças começaram a acontecer. Com a orientação da Epagri, Rodrigo fez o melhoramento da pastagem.  A grama comum, de baixa produtividade, ganhou mais vigor e diversidade com a correção do solo e introdução de novas espécies.

gado5O extensionista rural de Timbó Grande, Ederson Hoffmann, explica que foram plantadas espécies de pastagem perene de maior produtividade em cima da pastagem comum, característica da região. “Nós vimos a necessidade de entrar com melhorias para que os animais tivessem um maior ganho de peso e melhor resultado final  para o produtor”.

gado6Todas as mudanças começaram a acontecer na propriedade dos Guesser depois que Rodrigo participou do curso Ação Jovem Rural, realizado no Centro de Treinamento da Epagri em Videira. As tecnologias que aprendeu nas aulas e o apoio do programa SC Rural  foram decisivos para o jovem produtor obter os resultados que esperava no ambiente que decidiu ficar.